terça-feira, fevereiro 01, 2011

THE NAME IS BARRY..., JOHN BARRY

John Barry, músico e compositor britânico, faleceu no passado domingo, dia 30 de Janeiro, em Nova Iorque, vítima de um ataque cardíaco. Tinha 77 anos (nasceu a 3 de Novembro de 1933, em York) e o seu nome ficará para sempre ligado aos filmes de James Bond, para os quais escreveu os temas mais emblemáticos: “From Russia With Love”, “Goldfinger”, “Thunderball”, “Diamonds Are Forever”, “You Only Live Twice”, e o próprio tema indicativo do agente secreto 007. Mas a sua contribuição para o mundo do cinema não se esgota aqui, foi muito mais além. 
Quem não recorda com saudade os temas musicais de filmes como “Born Free”, “Midnight Cowboy”, “Out Of Africa”, “Somewhere In Time” ou “Dances With Wolves”? A lista é longa e recheada de nomes que hoje fazem parte intrínseca da história do Cinema. Dele disse Sir Richard Attenborough: «He's never satisfied with what he does. Every day he wakes up and believes that into his mind and soul is going to come some magical arrangement of notes that he's going to ultimately either entrance you with in a concert hall or cinema. It's because he thinks there's still a peak to climb that he's a great film music composer». 
Entre 1967 e 1993 John Barry foi nomeado 6 vezes para os Oscars da Academia, tendo arrebatado a estatueta dourada por 4 vezes. Mas a lista de prémios com que foi premiado ao longo da sua brilhante carreira é impressionante, como se pode avaliar aqui. Numa sentida homenagem a este grande senhor, que nos deu ao longo da sua vida tantas melodias inesquecíveis, disponibiliza-se em anexo a coletânea “Themeology – The Best of John Barry”, publicada em 1997, e que contém alguns desses temas imortais. O cinema ficou muito mais pobre por estes dias.

4 comentários:

Rato disse...

megaupload link:
http://www.megaupload.com/?d=0GWA2UXW

rapidshare link:
http://rapidshare.com/files/445682804/ratorecords_jbosthemeology1997.rar

José Morais disse...

Este blogue, com o seus textos, as suas imagens e as suas músicas de eleição está a tornar-se um autêntico vício para mim. Espero ficar dependente dele durante muitos anos.

Billy Rider disse...

John Barry foi de facto um grande entre os maiores compositores do cinema. Boa coletânea, mas existe tanta, tanta coisa mais para ser ouvida...
Para quem não saiba, ele foi casado nos meados de sessenta com a Jane Birkin, antes desta se perder de amores pelo Gainsbourg.

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Barry realmente é um dos grandes compositores do cinema. São inúmeras as trilhas sonoras marcantes que criou.
Ah, Rato, o post sobre THE BIRDS está fantástico. É um dos meus Hitchcock de cabeceira.
Abração e apareça

www.ofalcaomaltes.blogspot.com