sábado, fevereiro 12, 2011

IN CAMERA - KIM NOVAK

6 comentários:

nowhereman disse...

A dupla-heroína de "Vertigo", uma das mulheres mais belas que o cinema já teve. Não a consigo imaginar - e ainda bem - com os 77 anos que hoje tem.

José Luís disse...

Foi uma pena o Alfred Hitchcock ter
ficado aborrecido com ela durante as filmagens de "Vertigo".

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Kim era uma deusa. Bela de doer, mas muito inexpressiva.
Vc achou uma pena, José Luis, a briga dela com Hitchcock? Uma pena é ela estar nesse clássico tomando o lugar de uma boa atriz. Mas Hitch era chegado a atrizes canastronas (Vera Miles, Janet Leigh, Julie Andrews, Tippi Hedren, Eva-Marie Saint, Ruth Roman). Escapou com Ingrid Bergman. A Grace tinha um carisma incrível, mas também era sempre a Grace.
Abração

www.ofalcaomaltes.blogspot.com

Rato disse...

Eu não lhes chamaria de "canastronas", caro Nahud, acho o termo forte demais para qualquer dessas damas. Elas são, na obra de Hitch, o que se convencionou chamar de mulheres "frígidas". Mas só mesmo à superfície...
Ah, e a Novak foi a minha primeira fantasia sexual...

Anónimo disse...

Ha quanto tempo nao fazem sexo?

claudia brando freitas disse...

Concordo com o comentário do nahud ! ela era linda mas fraquíssima como atriz Lauren Bacall e Simone signoret sempre foram as atrizes que desejei que trabalhassem com Hitchcock e talvez nesse filme!